How to measure stress

Beneficie-se da análise experimental de tensão

Dimensionar de maneira ótima os componentes para os seus produtos é a chave para o seu sucesso - não importando se você projeta ou produz telefones celulares, motores ou aeronaves.

  • Obtenha maior segurança, pois você possui componentes de maior qualidade
  • Beneficie-se da alta confiabilidade, pois os componentes têm uma longa vida útil
  • Aumente a sua eficiência, pois você usa somente as quantidades de materiais que você realmente necessita.

Como medir tensões em componentes?

  • Instale os strain gages na superfície do componente
  • Então use a deformação medida para determinar as tensões mecânicas no componente

A análise experimental de tensão permite a medição de tensões mecânicas em componentes. Estas podem ter três causas: forças externas, tensões residuais e tensões térmicas.

Tensão de carga: Forças (cargas) que são externamente aplicadas ocasionam carga no material.

Tensão residual: Forças internas no material - sem qualquer envolvimento de forças externas - causam tensões residuais. Estas podem surgir, por exemplo, devido à um resfriamento não-uniforme de componentes de fundição, à forja ou à solda.

Tensão térmica: A tensão térmica ocorre em componentes ou sistemas nos quais peças com diferentes coeficientes de dilatação térmica são usadas - em casos em que a deformação térmica de uma peça esteja bloqueada ou em casos de aquecimento não-uniforme.

Para análises de resistência, as tensões mecânicas têm que ser consideradas independentemente de suas causas. A tensão residual e a tensão térmica afetam os componentes da mesma maneira que a tensão de carga os afeta.

Estas tensões, dependendo do seu valor absoluto e sinal, podem reduzir substancialmente a capacidade de carga de um componente, com respeito à cargas externas.

O quê é a Lei de Hooke?

 

Na escala de deformação elástica de materiais os métodos de cálculo das tensões do material à partir da deformação medida são baseados na Lei de Hooke. Esta é a forma simples da Lei de Hooke:

σ = ε · Ε

σ = tensão do material
ε = deformação
Ε = módulo de elasticidade do material

Esta versão da Lei de Hooke se aplica somente ao estado de tensão de uma dimensão ("uniaxial stress state"). Outros estados de tensão requerem relações mais avançadas da mesma lei.