Limite de força axial

O limite de força axial é a força longitudinal máxima permitida (ou força axial), definida como Fa na figura 8. Se este limite de força axial se exceder, o transdutor pode sofrer danos irreparáveis.

Nos transdutores de torque HBM, o limite de força axial estabelece um limite superior na escala de operação. O transdutor de torque pode ser utilizado para medição, se as forças axiais não excederem o limite de força axial. Não obstante, pode-se produzir uma certa influência no sinal de medição. O limite superior desta influência é indicado separadamente nos dados técnicos.

A força axial permitida se torna menor do que o limite de força axial especificado caso apareça, simultâneamente, uma outra tensão irregular (tal como momento de flexão, força transversal ou superação do torque nominal). Se este não for o caso, os valores limites têm que ser reduzidos. Por exemplo, se ocorrer 30 % do momento de flexão limite e 30% do limite de força transversal, o limite de força axial permitido será de somente 40 %, não sendo possível sobrepassar o torque nominal. Se as cargas parasitárias forem cargas vibratórias contínuas, as amplitudes de vibração relativas permitidas podem diferir das respectivas cargas limite.


Figura 8: Cargas parasitárias: Força axial Fa, Força transversal Fr, Momento de flexão Mb

 

Limite de força transversal

O limite de força transversal é a força transversal máxima permitida (ou força radial), definido como Fr na figura 8. Caso este limite de força transversal se exceda, o transdutor pode sofrer danos irreparáveis.

Nos transdutores de torque HBM, o limite de força transversal estabelece um limite superior na escala de operação. O transdutor de torque pode ser utilizado para medição, se as forças transversais não excederem o limite de força transversal. Não obstante, pode-se produzir uma certa influência no sinal de medição. O limite superior desta influência é indicado separadamente nos dados técnicos.

A força transversal permitida se torna menor do que o limite de força transversal especificado caso apareça, simultâneamente, uma outra tensão irregular (tal como momento de flexão, força axial ou superação do torque nominal). Se este não for o caso, os valores limites têm que ser reduzidos. Por exemplo, se ocorrer 30 % do momento de flexão limite e 30% do limite de força axial, o limite de força transversal permitido será de somente 40 %, não sendo possível sobrepassar o torque nominal. Se as cargas parasitárias forem cargas vibratórias contínuas, as amplitudes de vibração relativas permitidas podem diferir das respectivas cargas limite.

Momento limite de flexão

O momento limite de flexão é o momento de flexão máximo permitido, definido como Mb na figura 8. Caso este momento limite de flexão se exceda, o transdutor pode sofrer danos irreparáveis.

Nos transdutores de torque HBM, o momento limite de flexão estabelece um limite superior na escala de operação. O transdutor de torque pode ser utilizado para medição, se o momento de flexão não exceder o momento limite de flexão. Não obstante, pode-se produzir uma certa influência no sinal de medição. O limite superior desta influência é indicado separadamente nos dados técnicos.

O momento de flexão permitido se torna menor do que o momento limite de flexão especificado caso apareça, simultâneamente, uma outra tensão irregular (tal como força axial, força transversal ou superação do torque nominal). Se não for este o caso, os valores limites têm que ser reduzidos. Por exemplo, se ocorrer 30 % do limite de força axial e 30% do limite de força transversal, o momento limite de flexão permitido será de somente 40 %, não sendo possível sobrepassar o torque nominal. Se as cargas parasitárias forem cargas vibratórias contínuas, as amplitudes de vibração relativas permitidas podem diferir das respectivas cargas limite.


Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.