Tecnologia de medição HBM aumenta segurança e eficiência em tubulação de usinas elétricas

A inspeção de suportes constantes ("constant hangers") e suportes fixos ("rigid holders") traz consigo altos custos com pessoal. A Technip, uma construtora de instalações que opera no mundo inteiro, lança mão da tecnologia HBM para automatizar o monitoramento permanente de cargas, assegurando, assim, um melhor nível de segurança e eficiência.

Tubulação em usinas elétricas precisam resistir a consideráveis cargas. Temperaturas extremas e altas pressões não são algo incomum - condições que causam imensas deformações térmicas e que podem sobrecarregar os tubos. Por esta razão, os assim chamados suportes constantes ("constant hangers") são usados para instalar os tubos. Eles compensam os movimentos termicamente induzidos.

Não obstante, ainda mais importantes são as medições de força nos suportes fixos ("rigid holders"). Elas possibilitam uma avaliação integral da transferência de carga através da comparação das diferenças de força entre o estado frio e o quente com valores pré-fixados, determinados através de análises de sistema realizadas durante o dimensionamento da instalação/planta. Desvios indicam uma transferência de carga imperfeita. Além do mais, medições de força em suportes fixos primários possibilitam a obtenção de informações sobre o estado corrente de relaxação da tubulação, o que é considerado pré-requisito para os necessários cálculos de vida útil na tubulação de alta pressão.

A inspeção de suportes constantes e de suportes fixos em áreas sensíveis de uma usina de energia já é extremamente dispendiosa e complexa, podendo ser executada apenas por especialistas bem treinados. Naturalmente, um outro risco, fruto de uma inspeção visual não pode ser ignorado: Uma falsa avaliação pode trazer consequências de grande amplitude.

Minimização de risco através de tecnologia HBM

É relativamente fácil eliminar o risco de uma falsa avaliação: basta usar a tecnologia de medição HBM. A HBM oferece duas soluções para o monitoramento contínuo de suportes constantes e verificação do conceito de transferência de carga nos suportes fixos (suporte de articulação, por exemplo)e, com isso, para a proteção da tubulação contra sobrecarga:

  1. Monitoramento de carga através da instalação de strain gages tipo LY no suporte de articulação ("joint strut")
  2. Monitoramento de carga através da instalação de um transdutor de força tipo U10M diretamente dentro do fluxo de força do suporte constante.

A Technip é uma empresa líder mundial em engenharia de instalações para indústrias de geração de energia e usa ambas as soluções para monitorar tubulação de alta pressão em usinas de energia.

A primeira solução: Strain gages

O primeiro método é ideal para integração posterior no sistema, pois, para a medição de carga nenhuma alteração na construção é necessária (o que elimina a necessidade de uma re-certificação do suporte). Ademais, instalar um strain gage é algo muito fácil.

A segunda solução: Transdutor de força U10M

O segundo método provê resultados de medição ainda mais exatos. O U10M é um transdutor de força de baixo perfil e rotacionalmente simétrico, que garante alta resistência à fadiga mesmo em casos de extrema amplitude de oscilação de 200 por cento. Devido à sua excelente linearidade, ele mede as forças que agem em um suporte constante com alta precisão, mesmo no campo de carga parcial. Segundo o Dr. Ulrich Reiners, gerente de projetos da Technip: "Os transdutores de força se distinguem por sua robustez - necessária para o uso em usinas de energia-, e por sua instalação simples. Uma vantagem adicional no uso do U10M é a integrada TEDS, a Folha de Dados Eletrônica no Transdutor, que faz com que a configuração da completa cadeia de medição seja muito fácil, assegurando um mínimo gasto de tempo e máxima segurança.

Amplificador de frequência portadora MP30DP

Em ambas as soluções, o amplificador de frequência portadora MP30 transmite para uma estação de controle os sinais de 4 a 20 mA - comuns em usinas de energia - através de longas distâncias e sem perda de qualidade. O MP30 pertence à família de produtos PME que se destaca pelo tratamento inteligente de sinal que proporciona para a tecnologia de medição industrial. O uso do MP30 provou sua eficiência em ambas as soluções. De acordo com Dr. Ulrich Reiners: "O amplificador MP30 se distingue por sua fácil e rápida programabilidade e alta precisão. Uma outra grande vantagem consiste no fato de que os valores medidos são visualizados em unidades físicas diretamente no aparelho: e isso traz comprovados benefícios para os trabalhos de manutenção e configuração."

Conclusão: mais segurança e eficiência

Um monitoramento automatizado contínuo provê uma maior segurança e elimina a necessidade de complexas inspeções manuais. A tecnologia de medição HBM aumenta a eficiência e reduz custos.

Sobre a Technip

A Technip está em 46 países do mundo e é representada por 23.000 funcionários. A empresa, líder mundial em engenharia de instalações para a indústria petrolífera e de gás, tem sua sede em Paris, França.

Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.