Montagens experimentais inteligentes e flexíveis para testes em estruturas de concreto

O Laboratório de Concreto da Universidade Escola de Engenharia Aarhus fornece apoio experimental a todos que estudam Engenharia na cidade dinamarquesa de Aarhus. Com o aumento do número de estudantes, aumentou a demanda por vagas no laboratório – e consequentemente o laboratório demanda uma solução inteligente e flexível para coleta de dados de medição, para que possam ser feitos o número máximo possível de experimentos. A HBM forneceu equipamentos, incluindo cinco unidades do QuantumX MX840A e uma gama de diferentes transdutores, todos eles atendendo aos requerimentos de um laboratório de testes de primeira categoria.

O Laboratório de Concreto da Universidade Escola de Engenharia Aarhus é usado pelos estudantes para realizar experimentos, dinâmicos ou estáticos, envolvendo estruturas de concreto. A Universidade Escola de Engenharia Aarhus é uma instituição que aglutina todos os cursos de engenharia em Aarhus. O laboratório está sendo expandido, e o número de estudantes que precisam usá-lo está em crescente aumento.

Os experimentos estáticos são feitos em vários tipos de estruturar e envolvem não somente a fratura de vigas tradicionais de concreto reforçado, mas também outros tipos de estruturas que ocasionalmente requerem equipamentos de medição adaptáveis. Assim sendo o laboratório precisa ter, ocasionalmente, equipamentos que sejam fáceis de usar em diferentes contextos e em todos os tipos de montagem, para que os estudantes possam fazer um conjunto vasto de experimentos sem que o laboratório tenha que investir em vários tipos de equipamento.

Flexibilidade e uso universal

Para atender à necessidade de aquisição de dados a partir de um número de sensores e transdutores, o Laboratório adquiriu cinco unidades do QuantumX MX840A da HBM, juntamente com 24 transdutores de fluxo. Para o Laboratório, uma das principais vantagens de usar o QuantumX MX840A para a aquisição de dados é que a unidade pode coletar dados de transdutores que se baseiam em diferentes e diversas tecnologias – sejam transdutores de fluxo, células de carga, strain gages, acelerômetros ou outro equipamento de medição.

Graças à sua flexibilidade, a unidade do QuantumX pode ser usada universalmente nos variados experimentos do laboratório. Um outro fator chave na escolha do laboratório pelo QuantumX MX840A foi a possibilidade de a unidade ser usada com equipamentos de diferentes fornecedores. O engenheiro eletrônico Jørgen Holm, responsável pela organização e operação do laboratório, explica:

“O QuantumX MX840A atende ao alto grau de flexibilidade, no que concerne ao uso da unidade com diferentes tipos de transdutores de diferentes fornecedores. Isto nos dá mais liberdade – então a ótima flexibilidade oferecida pelo QuantumX simplesmente torna mais fácil para nós a coleta de um conjunto completo de dados de uma mesma montagem experimental."

Configuração fácil de montagens experimentais

Com uma grande fila de estudantes para usar a estrutura do laboratório, é naturalmente importante que a montagem possa ser feita de forma rápida e fácil, bem como os experimentos realizados com o mais alto grau de precisão desde o inicio. Isto exige bastante do equipamento de medição.

“Outra razão fundamental para a nossa escolha pelo QuantumX MX840A é por ela ser uma unidade altamente inteligente, que torna fácil o seu uso. Nós podemos calibrá-la usando TEDS, o que significa que podemos usá-la juntamente com todos os nossos mais recentes equipamentos e também com os próximos, além de descomplicar e fazer mais precisa a configuração da montagem de experimentos”, diz Jørgen Holm.

Uma aposta segura, no aprendizado

O Laboratório de Concreto teve outras experiências com aquisição de dados com a HBM usando o Spider8 e o Catman Easy, mas parece que vale a pena o upgrade para a nova geração dos sistemas de aquisição de dados  QuantumX:

“Nós usamos equipamentos da HBM anteriormente, e  mesmo tendo ficado bastante satisfeitos ao longo do tempo nós podemos verificar significantes avanços nas nossas novas unidades QuantumX – tanto no software quanto no desempenho do hardware, que agora é substancialmente mais poderoso que as unidades de aquisição de dados que usamos anteriormente”, conta Jørgen Holm.

Em outras palavras, o Laboratório de Concreto vê o QuantumX com uma aposta segura para obter as melhores condições possíveis para o ensino dos engenheiros do futuro.

Desafio

O Laboratório de Concreto na Uiversidade Escola de Engenharia, em Aarhus, está expandindo suas instalações com o aumento do número de estudantes. É, portanto, necessário um equipamento de medição inteligente e flexível que pode ser facilmente configurado de diferentes maneiras

Solução

A unidade de aquisição de dados central é o QuantumX MX840A da HBM, que usa TEDS para calibrar uma gama de diferentes transdutores, tanto HBM como de outras marcas, e que proporciona ao laboratório atuar com equipamentos de medição de ponta. O laboratório também usa software Catman da HBM

Resultado

O Laboratório de Concreto está confiante de que vai ser capaz de usar ambos os transdutores atuais e futuros com as unidades QuantumX, permitindo-lhe criar um ambiente experimental de ponta com facilidade, rapidez e precisão para os engenheiros de amanhã.

Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.