Um helicóptero no banco de ensaios: HBM ajuda a Marenco Swisshelicopter a tirar a aeronave Skye SH09 do solo

Quatro anos da prancheta de desenhos até um vôo de testes bem sucedido. Mais dois anos até entregar os primeiros dez helicópteros para clientes em 2016. Este é o cronograma ambicioso da Marenco Swisshelicopter (Marenco) para o helicóptero modelo Marenco SKYe SH09.

Esta aeronave é o primeiro helicóptero desenvolvido e fabricado na Suíça e é um desenvolvimento completamente novo: um helicóptero leve, com um motor (single engine), diversas aplicações e uma fuselagem em composto de fibra, que é única no mercado.

Projetar um modelo tão inovador foi um desafio à equipe de desenvolvimento do SKYe SH09, exigindo todas as suas habilidades. A equipe também precisava de parceiros de confiança que poderiam ajudá-los a fazer seu sonho de voar uma aeronave de origem suíça uma realidade. Para suas necessidades de medição, a Marenco encontrou a HBM com parceiro ideal, que forneceu tecnologia de medição confiável, conhecimento e paixão necessários para ajudar o Skye SH09 a se tornar uma história de sucesso.

Skye SH09 - construído a partir do zero

Marenco Swisshelicopter tinha a ambição de nada menos que o desenvolvimento de um helicóptero totalmente inovador na classe 2,5 ton - e em tempo recorde. O desenvolvimento começou em 2010. A entrega dos primeiros helicópteros para clientes está prevista para 2016. A equipe de desenvolvimento começou a partir do zero. Não haviam modelos anteriores para se usar como referência e o mercado não oferecia nenhum produto similar.

Para atender os clientes mais exigentes, o Skye SH09 define novos padrões em sua classe em termos de alta performance, emissão de ruído, relação custo-benefício e variedade. Isto é possível através da combinação de um motor poderoso com uma fuselagem de helicóptero única no mundo, feita inteiramente de carbono, que também pode ser facilmente adaptada para uma vasta gama de requisitos.

Definindo um patamar elevado para medição de segurança

Tendo estabelecido padrões elevados para o primeiro helicóptero suiço já produzido, a Marenco também definiu requisitos para seus parceiros de projeto para garantir a entrega em 2016. A empresa precisava de equipamentos de teste precisos para avaliação de segurança, para que pudesse receber um certificado de tipo da Agência Européia para a Segurança da Aviação (EASA) e sua parceira americana, a Federal Aviation Administration (FAA). Este certificado afirma que o projeto de fabricação da aeronave é seguro. Era, portanto, essencial escolher uma tecnologia de medição confiável, capaz de entregar resultados precisos.

A equipe de desenvolvimento da empresa tinha usado soluções HBM no passado e tiveram experiências positivas. Por isso, a Marenco optou pela HBM para medir deformação, forças e torque com sua tecnologia de medição robusta e confiável.

Soluções para toda a cadeia de medição, incluindo sensores feitos sob medida

Desde sua escolha, a Marenco tem contado com as soluções em alta tecnologia da HBM em pontos críticos no processo de desenvolvimento de seu helicóptero, principalmente no banco de testes da torre de giro (whirl tower), do motor principal e do rotor da cauda.

Três sensores de força U10M na torre de giro medem trações estáticas e dinâmicas, além de forças de compressão do rotor do helicóptero. O maior torque é calculado diretamente dos três sensores de força.

O banco de testes para a principal caixa de transmissão usa um sensor digital de torque variável T40B com sistema de medição de velocidade rotacional magnética para aquisição de dados precisos, mesmo em baixas velocidades.

A HBM desenvolveu quatro sensores personalizados de três componentes cada para a Marenco. Estes sensores são utilizados para medições dinâmicas de forças do eixo Fz e forças laterais Fx e Fy. Manobras de vôo estáticas podem ser simuladas uma a uma com os sensores de três componentes.

O banco de testes para o rotor de cauda inclui o sensor T22 compacto da HBM para aplicações de torque simples, além de um sensor de força S9M, também da HBM.

Junto com os sensores de força e de torque usados nos bancos de testes, a Marenco também realiza testes experimentais de componentes usando os strain gages da HBM. Os sensores são colocados nos componentes e, em seguida, são avaliados e analizados pelo poderoso sistema de aquisição de dados da família QuantumX com o  software catman da HBM.

As soluções HBM superaram as expectativas das equipes de desenvolvimento da Marenco e a empresa continuará a contar com a tecnologia de medição da HBM conforme avança para a data de entrega das primeiras unidades em 2016 e em direção ao futuro.

Torre de giro (whirl tower) para medição de forças de tração e compressão do rotor do helicóptero (imagem: Marenco Swisshelicopter)
Montagem do motor na torre de giro usando sensores de força HBM (imagem: Marenco Swisshelicopter)
Banco de teste para a principal caixa de transmissão (imagem: Marenco Swisshelicopter)
Uso do sensor de torque T40B (imagem: Marenco Swisshelicopter)
Sensor de força personalizado no banco de ensaio para a caixa de transmissão principal, imagem: Marenco Swisshelicopter
Sensor de força U10M sob os pés do banco de ensaio, imagem: Marenco Swisshelicopter
Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.