A Fine-Spect desenvolveu um checkweighter de sucesso tendo a FIT7A como elemento central.

Desenvolver um checkweigher capaz de atender a todas as necessidades da indústria alimentícia. Este era o objetivo de Jean Marc Dumont: especialista em equipamentos para indústria alimentícia, ele fundou a Fine-Spect, junto com Pierre Mosca, Diretor Administrativo da MCPI, para este propósito. A MCPI é especializada em máquinas de dosagem e tem trabalhado junto com a HBM há um bom tempo. O elemento central do novo checkweigher é a célula digital de carga FIT7A da HBM.

Banho de espuma? Sem problema!

Os componentes do checkweigher da Fine-Spect devem atender a diversos requisitos da produção de alimentos, como por exemplo, ser completamente coberto por espuma ou limpo por um forte jato de água. Com um nível de proteção IP66 e suas proteções à prova d'água e asséptica, a FIT7A oferece as condições ideais para estas necessidades. A Fine-Spect escolheu a célula de carga da HBM por conta de sua característica, precisão e velocidade. A FIT7A apresenta funções de processamento de sinais com diferentes modos de triggers. Os filtros notch eliminam interferência do motor e do transportador da correia. A célula de carga também se comunica com o PLC via interface CANopen, de modo que o checkweigher é capaz de exibir os valores medidos, estatísticas e análises em um touchscreen. Isso fornece importantes resultados e insights sobre como otimizar o processo de produção e minimizar rejeições.

The new checkweigher at work

Rápida e precisa

O checkweigher da Fine-Spect é feito totalmente de aço inoxidável e pode ser usado em toda a linha de produção. Pesa até 120 produtos por minuto com a FIT7A, atingindo uma repetibilidade de 0,2g por valores entre 70g e 700g. Funções estendidas possibilitam a criação de relatórios de produção que incluem todos os recursos importantes.

A Fine-Spect também oferece saídas analógicas, o que significa que pode fornecer feedback em diversos pontos da linha de produção. Isso torna possível o controle da produção em tempo real, aumentando assim a precisão no processo, evitando um alto custo de overfilling deste o início.  O número de produtos que estão leve demais e que o checkweigher irá rejeitar posteriormente também é reduzido.

O checkweigher já tem sido usado em uma produtora francesa de laticínios à base de queijos desde sua apresentação oficial na feira CF1A em Lyon. Mas o novo checkweigher também poderá ser usado em aplicações além da indústria alimentícia. Em breve, será utilizado na indústria automotiva.