Auto-otimização: A Cadeia de Valor na Internet Industrial das Coisas

A indústria está enfrentando novos desafios: a linha de produção está mudando devido aos ciclos de vida dos produtos cada vez menores, aumento da competitividade, produtos exclusivos e lotes menores, bem como processos produtivos mais complexos. Eles demandam sistemas de produção e equipe altamente flexíveis e ágeis.

A cadeia de valor auto-controlada

Ao mesmo tempo, um alto padrão de qualidade e produtividade é exigido. A resposta é um mundo em que as máquinas e o mundo digital se tornem um só. Um mundo com pequenas cadeias de valor que se auto-organizam e se auto-otimizam, dentro e entre empresas.

A cadeia de valores confronta com grandes mudanças estruturais desencadeadas tanto pelas mudanças no mercado quanto pela inovação técnica. Estes resultados em processos de fabricação completamente novos impulsionados pela tecnologia de produção inteligente em rede, baseada na digitalização e na integração horizontal e vertical das empresas e a certeza de que cada local de trabalho será esquipado desta maneira no futuro. Esta integração facilita a troca de dados dentro e entre empresas, permitindo assim que qualquer processo de negócio seja terceirizado: um fator que cria novas cadeias de valor.

Cadeias de valor conectadas à IIoT se auto-organizam e se auto-otimizam. Seu foco é sempre na otimização dos custos, disponibilidade e uso de recursos. Isso é possível devido à três fatores: conexão em rede de todos os sistemas envolvidos na produção, disponibilidade de informações em tempo real em cada estação de trabalho e em todos os recursos, e a habilidade em determinar o fluxo do valor ideal a partir destes dados. Decisões nos processos de produção, linhas de produção e o controle de recursos não são mais feitos por membros da equipe. As máquinas determinam o processo de produção otimizado por conta própria. Estes resultados na linha de produção que, de forma anônima, se auto-organiza, não requer uma intervenção humana permanente e ainda facilita o controle.

As vantagens são claras: produtos, equipamentos e sistemas logísticos possuem histórico, seu status atual e formas alternativas de completar suas tarefas.  Em caso de interrupção na linha de produção, são capazes de decidir se uma próxima etapa de produção poderá ser realizada.

 

 

Mais...