Na pole position com a HBM: a step-1 coloca o MiKAR C301B open source na largada

Participar de uma corrida da FIA (Fédération Internationale de l’Automobile) com seu próprio carro de corrida: este sonho inspirou entusiastas do automobilismo, que começaram a trabalhar em um carro veloz muito especial em 2008, com o projeto step-1. Embora os custos para desenvolver este veículo, batizado de MiKAR C301B (que não está distante da conhecida Fórmula 1 e da equipe DTM), são escassos, o prazer, a paixão e as excelentes idéias estão superando este orçamento restrito.

Portanto, não é de se admirar que mais de 35 pequenas e médias empresas e faculdades são fãs do projeto. A HBM também está a bordo, com equipamentos de teste e medição de ponta, como o gravador universal de dados móveis QuantumX. Isso torna uma contribuição indispensável nos ensaios de dinâmica veicular e medições de desempenho na pista de teste, o que são cruciais para a segurança deste protótipo esportivo E2-SC e para sua licença da FIA.

Apenas 8 anos para uma licença da FIA com inteligência, paixão e confiança como capital inicial

Construir seu próprio carro de corrida e correr em uma corrida oficial da FIA é o sonho de muitos. Para o Projeto Equipe de Engenheiros de Protótipos Esportivos-1 (Sports prototype Team Engineering Project–1 ou step-1, para abreviar), este sonho está próximo de se realizar. Para realizar os testes planejados para o inverno 2016/2017 (esperando que sejam bem sucedidos), uma licença de fabricante de veículos da Fédération Internationale de l’Automobile estará finalmente em mãos. Depois disso, o próximo objetivo será uma licença para dirigir o MiKAR C301B em corridas oficiais em montanhas e em circuitos. Esta é uma conquista notável, porque apesar dos recursos extremamente limitados, apenas 6 anos se passaram do início do projeto até a primeira rodagem e aos subsequentes testes no circuito de corrida em Hockenheim. Este início relâmpago se deu graças ao empenho apaixonado de todos os estudantes, técnicos e engenheiros envolvidos. Eles também investiram suas noites livres e finais de semana para efetivamente colocar o MiKAR C301B na pole position, com o lema “idéias inteligentes substituem despesas” como sua inspiração.

Este projeto incomum, que gerencia sem contratos escritos e cujos os resultados da pesquisa, baseados em princípios do código aberto, estão disponíveis para todos os parceiros, encontrou suporte entre as mais de 35 pequenas e médias empresas, bem como inúmeras faculdades. Suas áreas de especialização fazem uma contribuição útil para a rede aberta step-1. O sucesso do projeto fala por si: em 2016, o recorde de três anos da pista foi batido das vezes na pista de corrida Bilster Berg, por uma ampla margem. Além disso, em 2017, o MiKAR C301B irá comemorar sua estreia na largada de uma corrida da FIA. E este sucesso também se deve à HBM.

HBM ensures safety on the track

No projeto step-1, a HBM é um parceiro de desenvolvimento que fornece equipamento confiável de teste e medição para medições vitais usando strain gages durante a condução, incluindo o gravador de dados autônomo e móvel QuantumX CX22-B, o módulo universal MX840X e strain gages. Os dados precisos de carga entregues durante os testes de condução fornecem informação valiosa sobre as forças e tensões a que estão sujeitos os componentes mais importantes e seus efeitos na construção. Portanto, eles alimentam os motoristas com um seguro de vida de valor incalculável. Além da tensão, aceleração e temperaturas também são medidas diretamente com o módulo. Sinais no bus do veículo, como velocidade de rotação e do veículo, marcha e muito mais são armazenados de forma sincronizada na memória de dados do CX22-B via CAN.

E o ponto alto: usando o sensor GPS conectado ao QuantumX, a exata localização geográfica, a velocidade de veículo e o tempo absoluto podem ser gravados e também inclusos nos dados de medição. Isso permite a análise sincronizada de todos os sinais no mapa transferido para catman a partir do Google Maps. A ampla exibição dos valores medidos para cada posição na pista de testes permite aos desenvolvedores rastrear cada situação de condução com precisão e analisar quais cargas atuam no carro de corrida, quando e onde isso acontece. Desta maneira, a construção e os ajustes do MiKAR C301B podem ser otimizados de uma maneira mais certeira. Os próximos passos será a conexão de uma câmera adicional, que também irá gravar o veículo em vídeo.

O idealizador do projeto step-1, Michael Kerber, claramente entusiasmado sobre as inúmeras possibilidades da aquisição móvel de dados com o QuantumX, e a simples análise de dados de carga e de potência com o catman AP da HBM. Tanto o desempenho e a fácil operação do amplificador universal e a interação confiável e descomplicada entre todos os componentes da HBM impressionaram estes desenvolvedores experientes, que trabalham para uma renomada montadora de veículos. E o mesmo se aplica ao apoio ao projeto fornecido pela HBM.