A imagem acima é cortesia da Wärtsilä 

Como um sensor de torque possibilitou que a Wärtsilä usasse gás natural como combustível

Motores bicombustíveis operando com gás natural necessitam de medição de torque de altíssima precisão: o T40MAR da HBM possibilitou que a Wärtsilä passasse a usar gás natural como combustível.

A Wärtsilä desenvolveu motores bicombustíveis que são capazes de funcionar tanto com gás natural, óleo diesel náutico ou óleo combustível pesado. Para utilizar motores bicombustíveis em instalações náuticas com propulsão direta, é necessário um sinal de carga preciso do eixo da hélice do motor. O sensor de torque T40MAR da HBM foi preciso o suficiente para oferecer os dados necessários à Wärtsilä para construção de navios.

Os motores bicombustíveis desenvolvidos pela Wärtsilä funcionam tanto com gás natural (LNG), óleo diesel náutico (MDO) ou óleo combustível pesado (HFO). O motor pode ser comutado a operar o modo gás para modo óleo e vice-versa enquanto está funcionando. Quando o motor funciona no modo gás é necessário um sinal de carga preciso da saída do eixo, fornecendo dados de quanta potência o motor produz para ser capaz de controlá-lo.

O cliente: Wärtsilä

Wärtsilä é uma líder em máquinas para navios, propulsão, soluções de manobras e usinas de energia para mercados náuticos e de energia. Oferecem soluções completas de ciclo de vida com máquinas, sistemas, serviços, manutenção e treinamento e são comprometidos com a realização de seus negócios de forma sustentável.

Precisão é crucial na medição de torque

A HBM e a Wärtsilä trabalharam juntas para achar uma solução para o problema e a opção mais adequada foi o sensor de torque T40MAR da HBM. A Wärtsilä instalou o T40MAR entre o acoplamento flexível do motor e o cubo da caixa de transmissão.

Quando o motor opera com gás, o sistema de injeção de combustível necessita de um sinal de carga preciso para o motor funcionar corretamente. Enquanto outros métodos não foram precisos o suficiente, o T40MAR cumpriu os requisitos de precisão com uma classe de apenas 0,15. Isso fornece as melhores condições operacionais possíveis para o motor funcionar e mover o navio. Guy Beaho, Gerente de Desenvolvimento de Negócios da HBM explica:

“A principal contribuição para esta notável classe de precisão é feita pelas comparações contínuas que rastreia os sensores de torque da HBM para o sensor de torque de referência do Padrão Nacional Alemão.”

Engine room of a Wärtsilä ship
Sala de máquinas de um navio da Wärtsilä (imagem: Wärtsilä)
T40MAR torque transducer
Sensor de torque T40MAR
T40MAR with maritime certificate
T40MAR com certificado marítimo

Crescente demanda por gás natural

A legislação mais restrita em matéria de emissões exige que os navios minimizem a emissão de enxofre. O gás natural não produz tais emissões, o que o torna um combustível mais limpo para uso em motores de navios. Além disso, o gás natural reduz os altos custos com sistemas de controle de emissão. Por isso, é a escolha mais econômica. Os motores bicombustíveis da Wärtsilä estão em conformidade com as normas IMO Tier III quando o motor usa gás e em conformidade com as normas IMO Tier II, quando o motor usa óleo líquido combustível. Se você quer operar de acordo com as IMO Tier III hoje em dia, você precisa usar gás natural ou combustíveis líquidos em combinação com sistemas de controle de emissão. Ao operar com gás natural, não é necessária o sistema de controle de emissão. À medida em que o mercado para motores movidos a gás natural cresce, é muito importante atender a esta nova demanda.

“O uso de motores bicombustível com propulsão direta não seria possível sem o T40MAR, portanto estamos muito satisfeitos com a solução encontrada junto com a HBM”

Viktor Häggblom, Engenheiro de Desenvolvimento na Wärtsilä Marine Solutions


HBMshop Veja preços, disponibilidade e obtenha uma cotação.
Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.