O que é um strain gauge do tipo roseta?

Um strain gauge roseta é um termo utilizado para uma disposição de dois ou mais strain gauges que são posicionados próximos para medir deformações ao longo de diferentes direções do componente sendo medido. Os strain gauges simples só podem medir a deformação efetivamente em uma direção, de modo que o uso de vários strain gauges permite que sejam tomadas mais medidas, proporcionando uma avaliação mais precisa da deformação na superfície a ser medida.

O estado de tensão biaxial

Até então, a tensão foi considerada uma ação de força única, o que tornou a medida da tensão relativamente fácil. A descoberta de que certas combinações de forças produzem tensões que atuam em planos em ângulos retos, resultaram em um requisito para medir o estado de tensão biaxial.

O termo biaxial sugere uma análise 2D das tensões no plano XY e a tensão normal neste plano é assumida como sendo zero. O estado de tensão biaxial é a soma de duas tensões normais ou de cisalhamento.

A tensão biaxial é uma ocorrência comum para a maioria das peças estruturais, então as rosetas de strain gauge são rotineiramente usadas para análise experimental de tensão.

Existem duas configurações comuns de rosetas de strain gauge; retangular e delta. Uma roseta retangular de strain gauge consiste em três strain gauges; A, B e C. Os gauges A e C são colocados num ângulo de 90° num eixo XY e o strain gauge B é colocado entre os dois em um ângulo de 45°.

Um strain gauge delta também consiste em três gauges, que estão em uma orientação de triângulo equilátero, que possui ângulos de 60°. Existem muitos outros tipos de configurações de roseta de strain gauge além de retangular e delta.

Strain gauges roseta da HBM

Além dos strain gauges padrão, a HBM também fornece uma seleção de strain gauges do tipo roseta.

Os strain gauges roseta RY possuem três grids de medição para análise de stados de tensão biaxial com direções de referência desconhecidas. Os três grids de medição estão dispostos em um ângulo de 0° / 45° / 90° para os tipos RY1, RY3, RY8, RY9 e RY10, ou 0° / 60° / 120° para os tipos RY4 e RY7.

Strain gauges do tipo roseta XY   tem dois grids de medição para analisar estados de tensão biaxial com direções de referência conhecidas e medidas em barras de tração e compressão. Todos estes strain gauges do tipo roseta estão dispostos a um ângulo de 90° entre si.

Estes strain gauges do tipo roseta são fornecidos pela HBM em diferentes geometrias e tamanhos, e todos estão disponíveis com respostas de temperatura adaptadas aos seguintes materiais;

Aço ferrítico (10,8 ppm / K; 6,0 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 1
Alumínio (23 ppm / K; 12,8 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 3
Aço austenítico (16 ppm / K, 8,9 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 5
Sílica / composto (0,5 ppm / K; 0,3 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 6
Titânio e ferro fundido cinzento (9 ppm / K; 5,0 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 7
Plástico (65 ppm / K; 36,1 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 8
Molibdênio (5,4 ppm / K; 3,0 ppm / ° F); códigos de correspondência de temperatura: 9
 
Se você quiser mais informações sobre os strain gauges do tipo roseta oferecidos pela HBM, por favor entre em contato conosco.

Produtos relacionados

Rosetas de strain gauge RY com 3 grades de medição
Estes strain gages são a escolha ideal para analisar o estado de tensão biaxial com direções desconhecidas da tensão principal.
XY T Rosetas com 2 Grids
Os strain gages XY tipo rosetas T possuem 2 grids de medição, dispostos a um ângulo de 90º afastados um do outro.
Strain Gauges Torção/Cisalhamento com 2 Grids
Os modelos XY1, XY2 e XY4 são strain gauges em forma de V com 2 grids de medição dispostos em um ângulo de cerca de 45° em relação ao eixo do SG.
Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.