Strain gauges especiais para temperaturas de até 350 °C

  • A HBM expande sua linha de strain gauges com a série KFU para temperaturas de até 350°C.
  • É ideal, por exemplo, medir a deformação em autoclaves ou ambientes com vapor.
  • Ele é enviado junto com um cabo de 1 m de comprimento.

A HBM Test and Measurement (HBM) expande sua linha de strain gauges com a série KFU, que pode ser usada em temperaturas extremamente altas, até +350°C.

Os strain gauges KFU são enviados com cabos de 1 m de comprimento e são protegidos contra altas temperaturas. Eles estão disponíveis em comprimentos de grid de 2 mm e 5 mm, bem como em versões diferentes, como rosetas lineares, em T (com duas grades de medição) ou em R (com três grades de medição), dependendo dos requisitos da aplicação. Além disso, os strain gauges KFU estão disponíveis com respostas de temperatura combinadas com aço, aço austenítico e alumínio.

Para medições de deformação em autoclaves ou ambientes com vapor

Aplicações típicas incluem medições de deformação em autoclaves ou ambientes com vapor. Os strain gauges podem ser usados em altas temperaturas por períodos especificados; a 350°C podem ser utilizados por 72 horas ou a 300°C por 360 horas.

Sinal verde para a cooperação com a Kyowa Electronic Instruments

Os strain gauges série KFU são os primeiros produtos oferecidos pela HBM em colaboração com a fabricante japonesa Kyowa Electronic Instruments, e a HBM adicionou esta série à sua linha padrão de produtos. Esta cooperação de dois líderes em tecnologia permitiu que a HBM complementasse sua linha de produtos com sensores adicionais e fascinantes, como os de temperaturas muito altas, e os oferecesse aos clientes no futuro.

Produtos relacionados