TÜV SÜD Rail: Com QuantumX nas pistas do Glacier Express

Assim como viajar no Orient Express ou no Transiberiano, as viagens com o trem de Bernina e o Glacier Express são também o sonho dos amantes dos trilhos em todo o mundo. Este sonho se tornou realidade para os peritos do organismo de certificação TÜV SÜD Rail no verão europeu de 2008. Por encargo das Linhas Férreas Raéticas, eles realizaram testes em vagões de plataforma baixa para transporte de automóveis, ao longo da rede de linhas do controlador ferroviário, à uma altura de 1000 metros acima do nível do mar. Para isso, não podia faltar, naturalmente, o instrumento universal para aquisição de dados Quantum X da HBM.

Além de algumas rotas regionais, as Linhas Férreas Raéticas controlam desde o final de 1999, no cantão suíço de Graubünden, um trecho com trens de transporte de automóveis que atravessa os 20 km do túnel de Vereina. A segurança dos passageiros e dos automóveis é de prioridade absoluta – e esta foi testada em maio e junho de 2008 pelos especialistas do TÜV SÜD Rail. O acento principal destas abrangentes medições foi a determinação das amplitudes de oscilação durante a operação..

TÜV SÜD Rail coloca a segurança nos trilhos…

Já há muitos anos, a TÜV SÜD Rail vem oferecendo os seus serviços para a indústria ferroviária por toda a Europa. Um ponto esencial são as medições e testes em trens de ferro e seus componentes sob várias condições: em bancos de testes, séries de medição ou durante operações planejadas. A HBM colabora com esta prestigiosa institução de certificação com suas ferramentas de medição, tratamento e análise de grandezas físicas medidas.

… com QuantumX na maleta.

Devido às complexas exigências relacionadas à tecnologia de medição, a TÜV SÜD Rail utilizou o QuantumX em todas as áreas para testar os veículos ferroviários de plataforma baixa para transporte de automóveis das Linhas Férreas Raéticas. O instrumento universal de aquisição de dados da HBM possibilitou medições precisas mesmo sob as típicas e difíceis condições dos trens de medição. As dimensões do veículo e as condições de operação (p.ex., carregado com caminhões) mal ofereciam espaço para a instalação do equipamento de medição. O vagão de transporte a ser medido se encontrava no meio do trem, enquanto o pessoal encarregado pelas medições somente pôde se posicionar na cabine de controle. Os aprox. 100 canais de 1.200 Hz de ritmo de amostra com durações de medição de 20-30 minutos geravam um grande fluxo de dados de mais de 500 MB por medição.

Sob tais condições, a tecnologia de medição previamente empregada impossibilitava os trabalhos. Os dispositivos de amplificação, relativamente grandes, teriam que ser instalados na cabine de controle. Para isso, teria sido necessário o uso de cabos muito longos, o que traria consigo uma complicada  rota de cabos.
Em lugar disso, um conversor analógico-digital com transmissão de dados digitalizados foi colocado diretamente no objeto de medição –uma solução mais simples e menos propensa a erros. Por esta razão, procurou-se um sistema flexível de aplicação universal, que, além da conversão analógico-digital se encarregasse da alimentação dos sensores e da filtragem dos sinais. Tudo isso com um tamanho que possibilitasse a instalação do equipamento sob um veículo de plataforma baixa. A solução se chamava QuantumX.

"QuantumX possibilitou as medições!"

Os amplificadores de medição QuantumX foram instalados sob o veículo, em distintas posições.

Para a alimentação elétrica e a sincronização do tempo, os módulos QuantumX foram conectados diretamente através de um cabo simples. Os dados de medição dos módulos foram coletados através de uma rede Ethernet (TCP/IP) em forma de estrela e um switch Ethernet apropriado. Em seguida, foram transmitidos à um notebook no compartimento de medição no final do trem. As instalação dos sensores e do amplificador QuantumX levou cerca de uma semana, o que reduziu também o tempo de preparação/configuração em 40 porcento. A partir daí, sucedeu-se um programa de medições que durou aproximadamente 4 semanas: a cada dia uma nova configuração do veículo, a cada dia diversas e distintas condições de carga.

The Customer

TÜV SÜD Rail

Fale Conosco Entre em contato com a HBM do Brasil para mais informações sobre produtos, sistemas, dúvidas técnicas e cotações.