Condicionador de sinais digital com OPC UA como novo padrão global para IIOT

O potencial da comunicação através de interface elétrica unificada ganhou força nas últimas décadas, com melhorias na cooperação e no comércio globais. Várias arquiteturas de sistema foram desenvolvidas para melhorar a comunicação máquina-a-máquina em vários setores, com protocolos estabelecidos que permitem redes de comunicação robustas capazes de suportar processos crescentes de automação. No entanto, poucas são tão robustas ou abrangentes quanto a arquitetura unificada OPC (OPC UA).

O que é o OPC UA?

OPC UA é um dos padrões mais bem-sucedidos do mundo para comunicação elétrica, com foco na integração de equipamentos industriais em um sistema coeso e comunicativo. Ele pode conectar-se a vários componentes como atuadores (motores ou válvulas), controladores (CLPs) e condicionadores de sinal digital com função de medição, para melhorar a coleta de dados e os controles de parâmetros, com capacidades multiplataformas que não são prejudicadas pela programação inerentemente rígida. Talvez a característica mais importante do OPC UA seja que o OPC como padrão esteja disponível para o Windows por anos e o padrão estendido UPC-UA esteja disponível gratuitamente como código aberto sob uma licença GPL 2.0, que permite aos usuários editar e alterar o software de acordo com as suas especificações industriais.

Este padrão revolucionário para conectividade industrial melhora as redes de interface estabelecidas, permitindo conexões universais entre máquinas (comunicação M2M) através de condicionadores de sinal, independentemente das semelhanças mecânicas ou forças compartilhadas entre os componentes.

Para se beneficiar dessa rede, os condicionadores de sinal devem ter recursos do OPC UA. As interfaces diretas do OPC UA são amplamente fabricadas para uma ampla gama de produtos, que são integrados ao projeto do componente.

Incrementando condicionadores de sinais com o OPC UA

A implementação do protocolo OPC UA na CPU e utilização da interface Ethernet padrão (TCP/IP) segue os padrões OPC UA, permitindo múltiplas conexões com várias interfaces, aquisição de dados e sistemas de controle. Isso oferece o benefício que o OPC UA pode ser usado para transmissão de dados para um servidor ou nuvem para mineração de dados e geração de novos aplicativos para controle de serviço e produção.

Integração e topologias de sistema

O ClipX opera em um princípio Plug and Play, que permite a conexão de até seis dispositivos simultâneos sincronizados entre si ou várias centenas executando uma única cadeia de medição digital na rede fieldbus. A HBM é especialista na área de condicionamento de sinal, oferecendo uma ampla gama de produtos para otimizar processos de produção industrial.

Conteúdo relacionado

ClipX - condicionador de sinais industrial
O condicionador de sinais ClipX é preciso, oferece interfaces de automação, uma interface web intuitiva e funções inteligentes.
Condicionadores de sinal
A HBM oferece uma ampla gama de Condicionadores de sinal e amplificadores para controle de produção e manufatura. (ex.: prensa, rebite e fixação).