Como ... trabalhar com o ClipX!

O ClipX é um condicionador de sinal preciso e fácil de integrar, ideal para aplicações industriais.Os artigos técnicos a seguir descrevem em detalhes como operar o ClipX sob diferentes cenários.

Se você tiver dúvidas, não hesite em contactar o suporte HBM para mais informações.

Comunicação e integração com redes industriais

Siemens PLC e PROFINET com ClipX

O condicionador de sinal ClipX suporta uma enorme variedade de interfaces fieldbus. Esta nota técnica fornece um exemplo de como o ClipX se comunica com um CLP da Siemens via PROFINET. São dadas instruções para criar um novo projeto com o Siemens TIA Portal. Há também uma breve explicação de como os valores de medição do ClipX podem ser monitorados no TIA Portal Software. Recomenda-se o conhecimento básico das redes PROFINET e dos amplificadores HBM.

Siemens PLC e PROFIBUS com ClipX

Esta nota técnica destina-se a ser uma diretriz para o uso de um condicionador de sinal ClipX em uma rede PROFIBUS. Para este exemplo, uma Estação Simatic 300 é usada como PLC. Há também uma explicação de como os valores de medição do ClipX podem ser monitorados no software Simatic Manager. Recomenda-se o conhecimento básico da rede PROFIBUS e dos amplificadores HBM. A configuração básica é mostrada na figura abaixo.

ClipX como OPC-UA Server

Este é um guia rápido para usar um módulo ClipX como um servidor OPC-UA, controlando-o com um PC. Nos exemplos a seguir, o 'dataFEED' fornecido pela Softing é usado.

Beckhoff PLC e EtherCAT com ClipX

Este documento destina-se a ser uma diretriz para o uso de um condicionador de sinal ClipX em uma rede EtherCAT. Para este exemplo, um PLC Beckhoff é usado. Há também uma explicação de como os valores de medição do ClipX podem ser monitorados no software Beckhoff TwinCAT. Recomenda-se o conhecimento básico de redes EtherCAT e amplificadores HBM. A configuração básica é mostrada na figura abaixo.

Schneider PLC e Ethernet/IP com ClipX

Esta nota técnica fornece uma diretriz para o uso de um condicionador de sinal ClipX em uma rede Ethernet / IP. Para este exemplo, uma Estação Schneider SoMachine é usada como PLC. Há também uma explicação de como os valores de medição do ClipX podem ser monitorados no software SoMachine. Recomenda-se o conhecimento básico de rede Ethernet/IP e amplificadores HBM. A configuração básica é mostrada na figura abaixo.

Métodos de escala

Medição indireta de força com o ClipX

Esta nota técnica fornece um exemplo de medição indireta de força usando o ClipX. Neste exemplo, o modelo de prensa consiste de dois sensores de deformação (SLB) montados na perna esquerda e direita de uma armação de metal. Além disso, há um sensor de força (U3) sob o impacto da prensa no meio. Os sensores de deformação são escalonados através do sensor de força como referência. Então, de fato, a força de pressão é determinada pela medição da deformação no bypass de força (medição indireta de força).

Assistente de ajuste no ClipX

Esta é uma instrução para ajustar um sensor com o ClipX. O assistente de ajuste é especialmente útil se um sensor não estiver calibrado ou montado em uma construção, por exemplo, no bypass de força. Existem duas abordagens disponíveis para ajustar sensores usando o ClipX: Um canal de referência do ClipX pode ser usado ou um valor de referência pode ser inserido manualmente. Além disso, a medição pode ser realizada estaticamente ou dinamicamente. O resultado em cada caso é um escalonamento linear de dois pontos.

Compensação de Matriz MCS com ClipX

Os sensores personalizados da HBM medem a força [N] e o torque [Nm] em qualquer grau de liberdade e são chamados de sensores multicomponentes (MCS) ou transdutores de múltiplos eixos. Juntamente com o sensor, uma matriz de compensação é fornecida, o que define o cross-talk ou a influência cruzada entre os componentes. Esta nota técnica fornece um exemplo sobre como calcular com essa matriz.

Operação sem fio

Configuração móvel via WLAN com ClipX

Esta nota técnica fornece um exemplo em que uma chave limitadora é configurada e monitorada usando um dispositivo móvel. O ClipX Web-GUI possui um design responsivo, o que significa que, dependendo da resolução do seu dispositivo, ele é ajustado de forma a atender a melhor usabilidade. Portanto, é muito fácil configurar o dispositivo com um celular ou tablet via WLAN.

Canais calculados

Calculando a força resultante com o ClipX

Esta aplicação é sobre como localizar uma força e calcular seu valor resultante em uma superfície plana. Portanto, três sensores de força são montados no fundo de uma placa circular. Os sinais brutos dos sensores são posteriormente processados por três condicionadores de sinal ClipX. Aqueles se comunicam através da tecnologia de barramento do ClipX. Os dispositivos são configurados com o ClipX Web-GUI.

Média automática com o ClipX

Esta nota técnica fornece uma instrução sobre como realizar uma medição automática média. O cálculo filtra um sinal facilmente utilizável de um sinal severamente flutuante ou ruidoso usando um segmento específico da curva de sinal para calcular um valor médio. Isto permite reduzir o impacto da interferência sobreposta. Você também pode definir um intervalo em que o sinal é calculado e usado como o valor zero para outras medições.

Trabalho mecânico com ClipX

Esta nota técnica é um guia para medir o trabalho mecânico com o ClipX. Isto requer dois módulos do ClipX; um para medir a força, o outro para medir o deslocamento. O cálculo determina o trabalho (mecânico) durante um certo período de tempo a partir das duas variáveis força e deslocamento (ou torque/ângulo de rotação). A força deve agir ao longo do caminho.

Monitoramento do valor máximo de um processo periódico com o ClipX

Esta nota técnica descreve o monitoramento do valor de pico de um sinal periódico, por exemplo, a curva de força de uma prensa de alta velocidade (por exemplo, prensa de moedas ou prensa de comprimidos) com um ClipX.

Janela de tolerância no ClipX

Esta é uma instrução para criar uma janela de tolerância no ClipX que pode ser usada para um componente ou teste de desempenho, por exemplo. Várias destas análises de janela de tolerância podem ser usadas ao mesmo tempo. Em princípio, é possível definir os limites da janela de tolerância, bem como a condição de partida e parada (estática ou flexível), usando sinais variáveis, um CLP ou um software para PC. Estes parâmetros podem ser alterados em tempo de execução, por meio de uma janela de medição “dinâmica”.

Controlador PID no ClipX

Esta nota técnica fornece uma instrução para criar um controlador PID com o ClipX. Neste exemplo em particular, um simples circuito RC de primeira ordem é controlado. Para demonstrar um processo repetitivo, um sinal periódico é gerado pelo gerador de sinal interno do PMX. Este sinal é exemplar para qualquer processo e pode ser trocado por outros sinais (por exemplo, de sensores).

Contador de eventos no ClipX

Neste exemplo, o excedente de um valor de força deve ser contado e exibido. Quando a contagem 5 é atingida, isto deve ser sinalizado em uma saída digital. Em seguida, o operador pode definir a contagem de volta para 0 novamente. O exemplo a seguir mostra como configurar um contador de eventos no ClipX.

Medindo o tempo pico-a-pico com o ClipX

Esta é uma instrução para medir o tempo pico a pico. Em nosso exemplo, o tempo pico a pico é capturado durante uma medição de força.

Sensores

Conectando um transdutor IEPE / ICP® ao ClipX

Este é um guia de início rápido para conectar um transdutor IEPE / ICP a um sistema ClipX por meio de um módulo inteligente externo.

Usando um sensor piezoelétrico com o ClipX

Esta nota técnica mostra como conectar um sensor piezoelétrico a um sistema ClipX e um amplificador de carga (tipo CMA / CMD) e como colocá-lo em operação.

Tópicos relacionados

ClipX - condicionador de sinais industrial
O condicionador de sinais ClipX é preciso, oferece interfaces de automação, uma interface web intuitiva e funções inteligentes.
Fundamentos de IPC
Tudo o que você precisa saber sobre controle de processos industriais (IPC) e condicionadores de sinal. Estudos de caso, webinars, artigos técnicos e mais!
Condicionadores de sinal
A HBM oferece uma ampla gama de Condicionadores de sinal e amplificadores para controle de produção e manufatura. (ex.: prensa, rebite e fixação).